Na meia maratona de Curitiba tivemos uma amostra do quanto nos desenvolvemos ao longos desse ano.  Cerca de 20 atletas correram a prova e pelo menos 10 atletas marcaram seus melhores tempos para distância.

Aos olhos desse fato, um leitor qualquer pode imaginar que treinamos duro demais, que somos uma equipe que pensa em  treino das 6 horas da manhã até a noite. Contudo, não é bem assim.  É fato que levamos o esporte a sério, mas isso significa descansar também.   Todos conhecemos o potencial que existe dentro de uma pessoa que gosta do que faz e se dedica a algo com vontade. Essa combinação faz coisas espetaculares.

Estar rodeados de pessoas que anseiam por melhorar, por se sentir bem é algo imensurável.  O técnico de vôlei disse que as meninas só jogam a 100% quando estão bem psicologicamente em aspectos fora do vôlei. Por sorte nossas meninas vêm evoluindo muito bem, obrigado.

Essa vontade coletiva e a harmonia do grupo  é a razão de que mais de 50%  nunca correu tão rápido em uma prova de meia maratona (Um viva para 1a prova com a barraca da Manocchio Runners).    Por isso também os treinos de natação têm tido uma evolução nítida a cada mês. E mais do que nunca o ciclismo da equipe está bem amparado com as aulas do Prof. José Ricardo “Leitão” que incentiva a turma dos grupos iniciantes e intermediários.

O crescente ímpeto da equipe se transmite naquele ditado de que da união se faz a força.  É fácil não ir para o treino quando se está só, mas quando te incentivam e vemos a vontade de treinar e a garra treinando ao lado.  Isso realmente entra no nosso íntimo.  Por consequência, nos tornamos fortes guerreiros também.

Façam seu trabalho hoje e colham o fruto disso. E saboreiem. Porque é importante parar um pouco e ver que estamos um pouco à frente do que estávamos.