golfe putt

 

Pensamento sobre o momento do esportista

Imagine a seguinte hipótese.  Você é um jogador de golfe.  Você vai ganhar  a competição mais importante do mundo  se acertar o último “putt” . Contudo , o golfe é um esporte cujas tacadas dever ser perfeitas. A mente deve estar cristalina para tacada sair perfeita e concretizar suas intenções na bolinha.

O problema que há muito público em volta, e o presidente do seu país veio especialmente ver essa tacada e o cumprimentar pela vitória. Ele está a poucos passos adiante esperando o momento.   Você está ansioso para isso, mas se errar a tacada acabará em 2o lugar no torneio.

A multidão faz muito barulho e está atrapalhando a  concentração, há muita emoção nessa jogada…

Esse é um exemplo real do que aconteceu com um famoso jogador de golfe, multi campeão.  Sabe qual foi sua ação?  Ele, nessa ordem.

1 – Foi até a bolinha.

2 – Fez o  putt com uma tacada perfeita.

3  – Andou até o presidente e apertou sua mão.

O mundo interior do esportista e daquele que se envolve diligentemente e deliberamente numa tarefa não são interrompidos por ações externas.  A torcida, a televisão e o presidente estavam lá, mas o mundo interior do jogador permaneceu inalterado.

No instante que ele caminha para sua jogada, o barulho diminui e todas as outras preocupações deixam de existir. O mundo dele é apenas a bolinha e seu movimento. Nada existe a não ser o momento presente.

Não é o campeonato, não é obter o recorde do torneio, não é vencer. Existe apenas a bolinha, o taco, seu movimento, a trajetória e o buraco adiante.

Depois que fez o trabalho e  ele venceu o torneio,  nosso jogador voltou a escutar a torcida e caminhou calmamente até o presidente receber os cumprimentos.

Não é o futuro e nem a importância do que estamos prestes a realizar que influenciam o final. O momento presente é o que existe e o controle sobre isso é a única ação que realmente importa. Não é vencer o campeonato, é fazer apenas outra tacada perfeita. Não é o match point, é o melhor backhand que pode fazer agora.

Não é a maratona no ironman, é apenas mais um passo na perfeição técnica do seu movimento. É aquilo que você controla. Existe apenas o seu momento, a todo instante.  Assim a chegada e sucesso são inevitáveis.

Guilherme Manocchio