adando na piscina de 50m Como percebemos nas últimas semanas, pode ser muito mais desgastante nadar numa piscina de 50m. As viradas dão impulso e descansam cada vez que chegamos na borda. Numa piscina de 25m isso pode levar de 15 a 30seg para o giro! Já numa piscina de 50m, às vezes nadamos quase 1min e nada… E depois somente daqui a outro minuto. A coisa maravilhosa disso é que podemos prestar muita atenção à técnica de nado. O nado em sim é quase o único responsável pelo resultado na natação na prova de triathlon. E esse resultado é modificado de acordo como nossa percepção corporal na água e ritmo. Vamos, portanto melhorar nossa percepção e posicionamento com uma dica simples. Firme e rápido. Sabemos que quando o corpo está “molenga” na água, indo de um lado para o outro o nado não produz grandes resultados. A não ser que grandes resultados sejam muitas marolas! Isso não pode e não é eficiente para velocidade à frente. Àqueles grandes atletas de natação são velozes e esguios na piscina. Parece que seu corpo maleável e flexivel fora dágua, dentro dela se torna uma torpedo hidrodinâmico, rolando suavemente em torno do eixo longitudinal. Esse deslocamento é propulsionado com fortes com pás propulsoras nos braços e pernas. Contudo, não “entorta” para o lado e não perde velocidade na água entre uma braçada e outra. Peixes, baleias, tubarões… Todos têm em comum quea parte dianteira de seu corpo não têm grandes movimentações, e sua velocidade é suportada por suas grandes nadadeiras na parte de trás do seu corpo. Vejam o Phelps na virada braços rígidos e a parte final do corpo trabalhando: http://www.youtube.com/watch?v=T9eDAQxL5cA&feature=related Agora prestem atenção em diferentes estilos de nado e diferentes modos de nadar veloz, mas sempre tendo a hidrodinâmica de corpo esguio e rígido. http://www.youtube.com/watch?v=oac5nUDns94 http://www.youtube.com/watch?v=XvM3JYC–hM http://www.youtube.com/watch?v=HT2Ic51R70k&feature=related Nesse último o narrador diz: “Se Ian não permitisse a rotação natural no eixo longitudinal, seu corpo balançaria de um lado pra outro reduzindo a eficiência do nado”. Para hoje esqueçam um pouco do ritmo e dos tempos e tentem manter o corpo firme, alongado e utilizem de suas pás propulsoras para gerar potência. Um abraço e boas braçadas! Guilherme