[framed_left img=http://www.manocchio.com.br/site/wp-content/uploads/2012/08/05.08.2012-Triathlon-Caiobá-Triativa-070-300×225.jpg][/framed_left]

O triatlhon olímpico de inverno, válido pelo campeonato paranaense desse ano teve uma novidade. A prova foi sem vácuo, onde os atletas tinham que fazer muita força sem qualquer auxílio de vácuo.   E nesse caso, a Manocchio Triathlon Team mostra porque treinar tem suas recompensas!

Foi um domingo espetacular em relação aos nossos resultados.  Apesar da água gelada e do vento no pedal a equipe mostra mais uma vez a sua força! Vários atletas estavam presentes em todas as categorias!  A premiação no caso, foi diferente não havendo categoria elite, sendo que os primeiros colocados foram premiados nas categorias e depois na geral.

A equipe esteve presente na maioria dos pódios (dos 30 primeiros gerais  10 eram MTT) e também  teve os campeões gerais da prova.

Guilherme Manocchio conseguiu sua vitória na parte do ciclismo onde abriu boa vantagem  e Daniele Kazue também aproveitou sua força no ciclismo para assegurar a primeira posição. Parabéns  especial para ela, que ganhou sua primeira prova na geral e é um exemplo de dedicação e organização nos treinamentos.

Rodrigo Rieping – 2º categoria (Sendo que o 1º da categoria foi o 3º geral da prova) e 7º geral

Luiz Fernando Ohde: apesar do estar treinando para o havaí (alta carga de treino) foi o  campeão da categoria;

Luis Henrique Goulart: 2ª de categoria e Carlos Eduardo Mattos (também treinou forte no dia anterior)  5º da categoria.

O Zoio foi penalizado em 5 minutos senão seria o 3º da categoria

Categoria 30-34 anos teve Gui 1º, Chicão 2º, Reginaldo 3º, Cleverson 4º Frasson 5º. Se não estivessem o gui (1º geral) e chicão (2º geral) Gadotti teria ficado em 4º.

Luis Henrique Ohde: deixou de ser promessa e agora mostra pra que veio! 1º de categoria e 6º geral.

Silvia – foi 5ª da categoria (apesar de estar doente, deu uma aula de força e persistência).

Parabéns aos outros atletas que enfrentaram as adversidades da prova e foram muito mais do que guerreiros:

Alex Bronholo, Fernando Depieri, Fábio Bilek (que nadou sem roupa com a água congelante!!), Cesar Queiroz, Marcelo Rocha, Lucio Fuchs,  Cristiano Kruk e Fernando Henrique Borba que teve o pneu furado e não conseguiu terminar! Fica pra próxima Borba!

Agradecemos também aos atletas e familiares que, apesar de não terem competido,  prestigiaram a a equipe: os atletas Guilherme Queiroz, Emerson Moroz, Bruna Schemlzer (que disse que nunca mais fica assistindo), Guilherme Kirrian e José Lozano.

Assim que saírem os resultados oficiais, postaremos os tempos dos atletas.

 

Mais uma vez parabéns a todos!