Guilherme Manoccho e o 70.3 Pucon

Em rápida conversa com esta pessoa tão admirável temos a oportunidade de saber como foi a duríssima prova de domingo em Pucon no Chile.
O dia começou nas águas geladas de Pucon e os primeiros atletas a deixarem a água foram o argentino Lucas Cocha seguido do italiano Daniel Fontana, 30 segundos atrás Guilherme Manocchio em busca de seu objetivo.
Já nos primeiros quilômetros do ciclismo Guilherme encostou em Daniel e ambos imprimiram um ritmo muito forte. Guilherme conta que estava se sentindo muito bem durante esta etapa e continuou “martelando” os pedais para terminar registrar o tempo recorde do percurso 2:09:47, que pertencia ao argentino Oscar Galindez com o tempo de 2:09:51.
Daniel que teve seu pneu furado ao final do ciclismo, deixou o caminho livre para Guilherme assumir a ponta na etapa da corrida e não largar mais.
Com uma corrida muito consistente em um calor absurdo que fazia no Chile, nosso grande atleta fechou a etapa da corrida com o tempo de 1:21:07 e um tempo total de prova de 4:01:59.
O resultado não poderia ser melhor para o Brasil, quando Santiago Ascenço cruzou a linha de chegada na segunda posição registrando o tempo de 4:06:32
Com este resultado Guilherme consolida seu nome entre os melhores atletas da América do Sul nas provas de longa distância.
Guilherme que ha anos é o Campeão Brasileiro de Longas distância, ano passado conquistou a histórica segunda colocação no Ironman Brasil e na manhã de ontem venceu sua primeira prova Internacional, mostrando que o futuro deste atleta é promissor.
Parabéns Guilherme você é merecedor!