A corrida é assim:  natureza encarada faca a face.  Sentimos na pele a natureza do sol e da chuva. Sentimos o vento e ao mesmo tempo equilibramos isso com todas as sensações internas. Respiração, ritmo, passos,  calor, exaltação… Essa dinâmica é muito apreciada pelos praticantes da corrida. E você também poderá  sentir isso. A corrida é possível para todos se firmarmos  a base dois pilares:  disposição e compromisso.  Portanto, você pode.

Antes de dar algumas dicas, lembro que todo esporte traz o benefício do bem estar e da saúde agregado com mais vigor e atenção para o trabalho. Portanto, é uma faca sem gumes, faz bem para suas funções vitais (corpo) e melhora sua atenção e disciplina (mente).

Segue  um caminho que pode ser seguido para a iniciação nesse esporte através de algumas  dicas que minhas nesses anos de formação. São elas:

#1 – Comece devagar.  As pessoas pensam que correr é colocar velocidade, mas enganam-se.  Para se iniciar a corrida  vá apenas um pouco mais rápido do que uma caminhada. Isto é necessário.  Os músculos específicos da corrida bem como os tendões e ligamentos são fortalecidos ao mesmo tempo  seu condicionamento físico é preparado de forma gradual. A velocidade só vem depois.

#2 – Inicie intercalando o exercício com caminhadas, com  uma duração total de 20 a 30 minutos. Correr continuamente ou por longos períodos só vem com um ou dois meses de preparação, exceto alguns talentos naturais.

Exemplo:   Caminhe  3 minutos e corra 1minuto , até completar 20minutos na primeira semana.    Já na segunda semana caminhe 2minutos  e corra 2minutos  até completar 20minutos.  Corra na Segunda,  Quarta e Sábado.

#3 – Realize o esporte com a vestimenta adequada. Tênis e roupas confortáveis. Proteja-se se estiver muito frio.  A corrida gera calor, portanto sempre corra sempre com roupas leves. Se estiver frio abaixo de 10 graus corra com luvas e gorros .

#3 – Corra ao menos três vezes por semana.  Qualquer esporte para ser aprimorado precisa de dedicação. Três vezes por semana é necessário para evoluir.  Mesmo que cada treino seja curto é melhor várias vezes com pouca duração e intensidade do que realizar treinos difíceis descansar muitos dias.

# 4 – Aprecie a novidade.  No início seu corpo pode parecer enferrujado e talvez você sinta algum desconforto.  Mas observe que após a atividade a sensação é muito boa, como se seu corpo agradecesse pelo esforço.   Aprenda a observar e aprimore o autoconhecimento.  Para mim isso é o mais importante e é o que trará mais benefícios a longo prazo.

Aproveite as dicas e experimente.     Guilherme Manocchio

 * Antes de iniciar qualquer exercício realize uma avaliação física com seu médico.